Cloud computing: como funciona e onde ficam os dados?

Reflexo direto da transformação digital pela qual passa a sociedade, cada vez mais os dados e informações assumem a posição de ativos dentro das empresas. Seguindo essa tendência, cresce também o volume de dados que as companhias precisam armazenar, processar, gerir e compartilhar em suas atividades. É nesse contexto que a cloud computing mostra as suas vantagens.

Hoje, em tempos de economia globalizada e interoperabilidade, a circulação de informação é contínua. Gerir todo acervo de dados de maneira local, em muitos casos, não atende mais as necessidades das empresas em termos de desempenho e custos. É aí, então, que a nuvem vem se popularizando, ao oferecer uma alternativa robusta para alocar informações de maneira segura.

Para deixar você mais inteirado sobre os diferenciais da cloud computing, preparamos este post abordado de forma mais detalhada essa importante tecnologia. Portanto, se tem interesse em aprender mais sobre o tema, este post é para você. Acompanhe!

A cloud computing no atual cenário empresarial

Dada a roupagem mais estratégica e baseada no uso inteligente dos dados, hoje a gestão da informação se tornou prioridade dentro das companhias. Cada vez mais decisões são tomadas a partir de análises, estatísticas e informações coletadas em diferentes fontes.

Nesse contexto de valorização dos dados e aumento no volume deles, cresceu também os riscos envolvidos no seu manuseio. Assim, no cenário atual, armazenar e gerir informações sensíveis em servidores locais, instalados dentro da própria empresa, não condiz mais com a realidade da maioria dos negócios.

Atualmente, a computação em nuvem tem sido o recurso mais indicado para a alocação segura das informações empresariais. A partir dessa tecnologia, empresas de diferentes portes e com necessidades distintas conseguem armazenar não só seus dados, mas seus sistemas, documentos e toda sorte de informações de valor para as operações.

Desse modo, em vez de se ter um setor interno para essa função, hoje as companhias preferem delegar tal atividade para terceiros prestadores de serviços de nuvem, os quais detém toda infraestrutura, pessoal e know-how para alocar as informações de maneira totalmente segura.

Assim, o acesso às informações é feito via internet, em tempo integral, a partir do uso de credenciais de acesso fornecidas aos usuários do sistema.

Vantagens da computação em nuvem

Nos últimos anos, a utilização dos recursos baseados em nuvem cresceu vertiginosamente no mercado, isso graças à grande quantidade de benefícios que o modelo de gestão remota da informação traz para as companhias.

A seguir, listamos alguns dos pontos fortes dessa tecnologia que você precisa conhecer. Confira!

Segurança das informações

Em um cenário em que os dados têm um alto valor para as decisões das empresas, a segurança da informação foi elevada à posição de prioridade. Nesse contexto, a cloud computing agrega bastante valor, já que reforça — e muito — a integridade dos dados.

A verdade é que bons prestadores de serviço de nuvem trabalham com uma série de procedimentos de segurança, como criptografia, controle de acesso, redundância e outros recursos. Além disso, esses prestadores têm a infraestrutura e pessoal qualificados para lidar com diferentes tipos de ameaças, podendo rapidamente combater eventuais riscos de invasão e outras falhas de segurança.

Isso significa que os dados ali armazenados estão muito mais seguros do que aqueles alocados na sede da própria empresa.

No contexto do varejo e indústria, por exemplo, em que os dados têm uma importância ainda maior, empresas podem se apoiar na robustez da nuvem para implementar projetos e auxiliar em processos como:

  • inteligência artificial;
  • blockchain;
  • armazenamento;
  • backup;
  • servidores virtuais;
  • plataformas de dados;
  • infraestrutura de TI.

​A computação em nuvem é extremamente benéfica para o segmento, pois fornece não só mais performance para o manuseio dos dados, mas ferramentas abrangentes e produtivas para codificação e gerenciamento de informações coletadas dos varejos e distribuidores, as quais dão as empresas maior capacidade de análises em escala global.

Facilidade de acesso e trocas

Outra grande vantagem da cloud computing é a versatilidade no uso do sistema. Como o acesso acontece de maneira remota, diferentes usuários podem ter acesso ao sistema hospedado em data centers, sem a necessidade de programas complexos, hardwares específicos ou quaisquer outros requisitos.

De certo modo, a empresa cliente pode acessar seus dados e sistemas, credenciar e substituir usuários com total liberdade.

Disponibilidade

Com os dados armazenados em grandes data centers espalhados pelo mundo, a disponibilidade das informações é outra característica marcante da cloud computing. Nesses ambientes, há todo um rigor para o funcionamento, o que significa que falhas, rupturas ou qualquer outro problema que possa interromper a comunicação são eventos bastante improváveis de acontecer.

Além disso, nuvens robustas contam com políticas de redundância. Assim, caso um servidor falhe, outro assume a sua posição, mantendo o serviço ativo para o cliente em tempo integral.

Cuidados com a cloud computing

É  preciso mencionar que existem também alguns  cuidados no seu uso da cloud computing, ligadas ao tratamento que os profissionais dão à tecnologia.

A exemplo, citamos possíveis problemas  de segurança gerados pelo compartilhamento de credenciais de acesso. Ou seja, funcionários das companhias que têm acesso aos sistemas e dados hospedados na nuvem compartilham as suas senhas com outras pessoas, ocasionando riscos incalculáveis para a segurança das informações.

Essa prática, em muitos casos, está associada à falta de orientação por parte dos gestores e líderes empresariais, que não treinam devidamente os seus recursos humanos para lidar com os recursos em nuvem.

Dessa forma, o que acontece é que por mais segura e robusta que seja a nuvem, se os usuários não adotarem as devidas medidas para a utilização segura do serviço, riscos ainda existirão e poderão levar a empresa a ter prejuízos com a exposição de informações sigilosas, indisponibilidade das atividades etc.

Por fim, não há dúvidas de a cloud computing é uma tecnologia de extrema valia para as empresas atualmente. Não por outro motivo, cada dia mais cresce a quantidade de recursos baseados no modelo e mais companhias migram suas operações para o formato virtualizado.

Então, o que achou deste post? Restou alguma dúvida sobre o assunto ou deseja compartilhar suas impressões conosco? Deixe seu comentário abaixo!

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo