Woman stacking shelves in supermarket

Como a tecnologia melhora a eficiência operacional da indústria no varejo

A tecnologia tem sido uma das principais aliadas das empresas que desejam ganhar eficiência operacional. A adoção de soluções tecnológicas especializadas na cadeia de suprimentos (supply chain) tem possibilitado inovações no setor, ganhos de produtividade e redução de custo, com impacto direto na margem de lucro das empresas, uma notícia para lá de animadora em meio à crise econômica.

Mas para encontrar uma ferramenta adequada às suas necessidades é importante conhecer os recursos que têm aumentado a competitividade de muitas empresas. Listamos abaixo três características fundamentais que uma solução especialista no segmento de varejo deve oferecer:

Mais inteligência ao processo de planejamento e reposição: a tecnologia facilita a produção de relatórios precisos, com números confiáveis, baseados no histórico de cada loja, levando em consideração a sazonalidade e o comportamento do consumidor final. Dessa forma, ajuda a garantir a disponibilidade de produtos na gôndola e evita o excesso de itens no estoque. Assim, diferentes pontos de venda de uma mesma rede podem ser abastecidos adequadamente de maneira muito eficiente.

Por exemplo: se o verão foi muito chuvoso neste ano e reduziu o consumo de protetores solares de determinado ponto de venda, o registro dessa informação contribuirá para um planejamento de estoque mais exato nos próximos meses e, assim também será no próximo período para que não falte nem sobre produto.

Integração das áreas da empresa: a tecnologia favorece o trabalho colaborativo entre os departamentos, otimizando o planejamento estratégico. Há soluções que facilitam essa dinâmica a partir da disponibilização dos indicadores de performance e demais informações relevantes das principais áreas (vendas, marketing, trade e produto).

Na prática, ocorreria dessa forma: uma campanha lançada pela equipe de marketing pode gerar uma grande demanda para a área de vendas (e, para atingir o resultado esperado, os times têm que estar alinhados). A integração favorece uma visão sistêmica de todas as etapas e dá condições para estabelecer o consenso entre as equipes. Para engajar todos os níveis da organização, é válido contar com um apoio de um consultor capaz de promover ajustes finos do processo ou mesmo na ferramenta adotada.

Colaboração do parceiro de negócio: muitas empresas têm buscado estreitar ainda mais a parceria de negócio com seus grandes fornecedores. Isso significa, por exemplo, que eles tenham acesso aos dados do estoque, referentes a seus produtos, para trabalhar em conjunto na disponibilidade dos itens ou mesmo de insumos (para o caso de indústrias). A vantagem, nesse caso, é que cada agente se preocupa na sua especialidade, focando o olhar em resultados e não somente no processo. Obviamente que, para esse processo ocorrer efetivamente, é necessário um bom nível de maturidade entre os parceiros de negócio e uma tecnologia especializada.

Quer continuar recebendo informações sobre como obter ganhos na eficiência operacional para aumentar a competitividade? Cadastre-se em nosso site para receber materiais exclusivos direto em seu e-mail: https://www.neogrid.com/br/contato

Autor

Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).

Compartilhar

Comente este artigo