Como escolher a melhor data para lançar um produto?

O lançamento de um novo produto é sempre uma ocasião importante para qualquer negócio. Isso porque, colocar mais um item no mercado significa mais uma oportunidade de conquistar o cliente, aumentar o faturamento e elevar os resultados da empresa. Contudo, isso só será possível quando se define a melhor data para lançar produto.

A escolha dessa data, da mesma forma que é uma decisão importante e estratégica, é também um dos maiores desafios dos lojistas. Em grande medida, isso se deve a quantidade de variáveis que precisam ser consideradas no momento do lançamento; fatores internos e externos que poderão interferir na adesão dos clientes e no sucesso do negócio.

Negligenciar esses pontos, muitas vezes, faz com que bons produtos, mas lançados no momento errado, apresentem uma performance de vendas aquém do esperado, gerando prejuízos para a empresa.

Diante da importância desse tema, a seguir, preparamos um artigo completo para que você saiba como escolher o melhor momento para lançar um produto no mercado. Continue a leitura e confira!

A relevância do planejamento estratégico

A base de qualquer lançamento de produto está em um bom planejamento, isto é, em um estudo prévio capaz de identificar e ajudar na compreensão das principais variáveis que podem interferir na receptividade dos clientes.

Um dos principais motivos que levam um bom produto a não apresentar vendas satisfatórias é justamente a ausência desse planejamento. Muitas vezes, a ansiedade da empresa em colocar o item no mercado acaba por sacrificar toda a estratégia ao passar por cima de estudos essenciais.

Nesse planejamento, existem diversas perguntas que precisam ser respondidas. Algumas informações precisam estar claras, de modo a se permitir um mínimo de previsibilidade sobre os resultados da estratégia. A exemplo, citamos:

  • o produto é inovador?
  • o público aguarda esse item?
  • existem bons concorrentes no mercado?
  • em qual nicho ele desperta mais interesse?
  • esse produto atende o consumidor em períodos sazonais?
  • para quem e para que ele serve?

Esses questionamentos ajudam a empresa a direcionar melhor o lançamento, fazendo ajustes importantes no próprio produto e na estratégia de lançamento.

O diferencial da pesquisa de marketing

Dificilmente uma empresa conseguirá obter sucesso ao lançar um produto se basear suas decisões apenas em análises internas. Na realidade, o fundamental é avaliar o cenário externo, as nuances do consumidor e do mercado de modo geral. Nesse ponto, a pesquisa de marketing é um instrumento poderoso.

A partir de consultas estratégicas, por exemplo, o negócio pode conhecer melhor os hábitos de compra do seu público, entender melhor quais as suas dores e demandas mais latentes e, com isso, ajustar toda a estratégia e produto para atingir o ponto certo.

Uma análise de perfil do cliente bem feita, em muitos casos, pode ser a diferença entre ter um produto atrativo e diferenciado e lançar só mais um entre os muitos existentes no mercado. Nesse ponto, inclusive, é válido destacar a relevância da pesquisa de mercado para se conhecer os concorrentes, levantar dados a respeito da sua atuação, pontos fortes e fragilidades e explorar tudo isso de forma proveitosa para o lançamento.

Alinhamento das campanhas de divulgação e o lançamento

Lançar um produto no mercado, no cenário atual, depende de muita divulgação e fixação da marca no imaginário no consumidor. Por essa razão, é essencial que a empresa se preocupe em alinhar as campanhas de divulgação antes, durante e depois de disponibilizado o produto.

As pessoas precisam saber o que é esse novo produto, suas características, diferenciais, preço, isto é, precisam ter referências que as façam querer e lembrar da marca. Hoje, com a difusão da internet, os meios digitais podem servir de base para a divulgação, de forma econômica, segmentada e precisa.

Definição do período do ano como fator elementar da estratégia

Existem produtos que, de certa forma, estão associados a temáticas específicas ou estão ligados a períodos determinados do ano. Nesse sentido, feito o planejamento estratégico, a empresa certamente identificará que existem boas janelas de vendas ao longo do ano, a exemplo das datas festivas.

Sendo assim, uma das melhores maneiras de lançar o produto é aproveitar o aquecimento das vendas ocasionado por fatores já consolidados, como é o caso do Natal e da conhecida Black Friday.

Esses períodos, apesar de sazonais, despontam como oportunidades de negócio bastante vantajosas, já que tendem a criar um cenário de impulso nas compras com o consumidor estando disposto a gastar mais.

Por outro lado, imagine como pode ser ineficaz um lançamento de um produto com um alto valor agregado no início do ano, período em que o consumidor brasileiro, de modo geral, tem de arcar com uma série de gastos, como impostos, matrícula escolar etc. Ou seja, esse é um momento pouco propício para certos gastos.

A interferência do cenário econômico do país

Outro elemento que precisa ser levado em conta na hora de lançar um produto é o cenário econômico do país. Esse tipo de variável interfere bastante no poder aquisitivo do consumidor, de modo que, a depender do público a que se destina, as vendas poderão não alcançar as expectativas em razão das dificuldades do cliente em gastar dinheiro.

Cenários de recessão econômica geram um problema sistêmico no mercado, desaquecendo bastante os setores produtivos da economia. Nesses momentos, é natural que o consumidor priorize o essencial. Por outro lado, se o seu produto seguir por essa lógica, pode ser o momento de oferecer ao comprador uma alternativa mais viável e econômica para suas demandas.

Assim, o momento de crise para uma empresa pode ser a oportunidade para outra. Nesse sentido, mais uma vez destacamos a importância de se desenvolver um planejamento estratégico para identificar esse tipo de situação.

A importância de se guiar por métricas

Por último, é essencial que durante toda a jornada de lançamento do produto e também posteriormente, a empresa avalie os resultados de maneira precisa, a partir de métricas consistentes.

Isso porque, de nada adianta se precaver com planejamento, avaliações e estudos se em seguida não for analisado se tudo que foi pensando está se concretizando. Assim sendo, é necessário que os gestores e líderes acompanhem os resultados das vendas, mensurem em números e dados confiáveis que deem certeza de que as melhores decisões foram tomadas.

Essa postura permite não só avaliar a eficácia das campanhas e das vendas, mas promover ajustes na estratégia de forma rápida e precisa, buscando sempre otimizar os seus resultados.

Para fazer essa mensuração, existem no mercado soluções de visibilidade, que monitoram dados de sell-out e estoque no varejo e no distribuidor, como é o caso do RI e do DI da Neogrid. A indústria pode acompanhar diariamente as informações de vendas e nível de estoque de seus produtos nos pontos de vendas e nos locais de distribuição, Assim, é possível verificar, no caso de um lançamento, o sucesso da estratégia.

Imagine que sua empresa lance um produto e nos dias seguintes consiga medir o número de vendas nos pontos de vendas, analisando indicadores como giro de estoque, OSA e até mesmo se comparando com os concorrentes, medindo se o novo produto já teve impacto no mercado.

Por fim, saber escolher a melhor data para lançar produto, como foi possível perceber, é um processo, o qual exige uma certa paciência e avaliação por parte da empresa. Apesar de não ser uma tarefa impossível, por vezes pode se demonstrar complexa, já que requer o estudo de diferentes variáveis.Gostou deste artigo? Aproveite para aprender mais sobre como fazer a gestão de estoque de produtos sazonais na sua empresa. Confira o nosso artigo sobre o tema!

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo