impostos

Como manter a gestão de impostos da empresa dentro da lei?

Todo gestor focado em um crescimento saudável e dentro da lei precisa fazer a gestão de impostos de maneira correta e eficiente. Afinal, deixar essa responsabilidade em segundo plano pode trazer sérios problemas. A melhor estratégia, portanto, é conhecer os cálculos, evitando erros e inconsistências. Saiba como a seguir!

Você tem a opção de ouvir o conteúdo, caso não tenha tempo para ler 🙂

Quais são os principais tributos de uma empresa?

Quando falamos em gestão empresarial, a tributação logo surge como um desafio. São muitas regras, leis, tributos e alíquotas em vigor, o que exige atenção e conhecimento da equipe financeira.

Sendo assim, o primeiro passo para evitar erros e atuar em conformidade com o Fisco é conhecer os principais tributos de uma empresa. Acompanhe!

IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica)

O IRPJ é o imposto de renda da empresa. Ele é calculado levando em consideração o lucro nos últimos 12 meses e tem alíquotas diferentes para cada regime tributário.

CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido)

A CSLL é uma contribuição social que também incide sobre o lucro da empresa. A diferença é que os valores recolhidos são utilizados para financiar a Seguridade Social (Previdência, Saúde e Assistência Social) e as alíquotas variam de 9% a 20%.

PIS (Programa de Integração Social)

O PIS é uma contribuição que recolhe capital para manter o Seguro Desemprego e o abono anual pago a determinados trabalhadores do setor privado. O valor devido é calculado levando em consideração o faturamento, com alíquotas que variam de 0,65% a 1,65%.

COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social)

A COFINS é mais uma contribuição para a Seguridade Social. Ela também incide sobre o faturamento do negócio e tem alíquotas diferentes para cada regime, como 7,6% no Lucro Real e 3% no Lucro Presumido.

ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços)

O ICMS é um imposto estadual pago sempre que uma mercadoria circula. Nesse caso, as empresas que trabalham com produtos de diversas categorias devem contribuir. Alguns exemplos são eletrodomésticos, alimentos, cosméticos, além de serviços de transporte interestadual e intermunicipal.

Quais são os problemas mais comuns na gestão de impostos da empresa?

Calcular o imposto da empresa pode ser um verdadeiro desafio. Se o seu negócio não é um optante do Simples Nacional, em que as alíquotas são simplificadas, há muito trabalho a ser feito.

Dentro do Lucro Real e do Lucro Presumido, os valores e os cálculos variam bastante, pois é preciso observar as Notas Fiscais, o faturamento e a atividade que a empresa exerce. Tantos detalhes favorecem o aparecimento de alguns erros. Conheça-os!

Nota Fiscal com informações incorretas

Se as informações existentes na Nota Fiscal estiverem incorretas, certamente o cálculo do imposto será comprometido. Esse é um dos principais problemas enfrentados no dia a dia de um negócio e precisa ser encarado com estratégia.

Em geral, o uso de uma ferramenta automatizada evita essas inconsistências e identifica dados incorretos, corrigindo-os e garantindo que o valor recolhido seja exatamente aquilo que se deve.

Códigos tributários errados

Outro problema que pode gerar um grande prejuízo financeiro é a realização do cálculo do imposto com base em um código tributário errado. Lembrando que essa falha pode ser do fornecedor ou da própria empresa.

Alíquotas inadequadas

O erro da alíquota é mais uma falha que precisa ser destacada. Afinal, se em uma determinada operação incide uma alíquota de 4% e você calcula com base em 6%, terá prejuízo. De modo contrário, caso calcule apenas 3%, poderá ser penalizado por sonegação de impostos.

Equívoco no uso de créditos de impostos

Alguns impostos, como PIS e COFINS, dão à empresa o direito de usar créditos, mas esse benefício não se aplica a todas as mercadorias. Com isso, é comum que os gestores se confundam e considerem um crédito que não existe, o que compromete sua margem de lucro.

Como fazer a gestão de impostos com a ajuda da tecnologia?

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas na hora de fazer a gestão de impostos, essa não é uma tarefa impossível. Na verdade, existem métodos e ferramentas que tornam tudo mais fácil.

Partindo da premissa de que a correta definição da carga tributária é essencial para que o negócio precifique seus produtos e alcance suas metas, podemos dizer que essa atividade é uma restrição a ser superada.

Para isso, a tecnologia pode ser sua grande aliada. Veja, a seguir, os benefícios de contar com uma solução de auditoria fiscal, como o Auditor NF-e da Neogrid!

Avalia a existência de incoerências tributárias

Já pensou em contar com uma ferramenta de inteligência fiscal capaz de avaliar e indicar a existência de incoerências tributárias em suas Notas Fiscais? A solução da Neogrid faz isso de forma automatizada, otimizando o seu tempo e reduzindo os erros de cálculos.

Indica a possibilidade de uso de crédito tributário

Com o Auditor NF-e, você nunca mais cometerá erros na hora de usar créditos tributários referentes ao ICMS, PIS e COFINS. A tecnologia faz essa análise com rapidez e de forma acertada, gerando um retorno financeiro importante para o negócio.

Sugere a escrituração

Confiar exclusivamente nos dados enviados pelos fornecedores é uma decisão arriscada. Por isso, ao investir em uma boa ferramenta, sua empresa reduz as chances de ser corresponsabilizada devido à escrituração de documentos incorretos e ganha mais segurança para a geração do SPED Fiscal.

Valida informações em uma grande base de dados

Por fim, é importante destacar que o Auditor NF-e faz a validação de todas as informações tributárias presentes em suas Notas Fiscais. Com o acesso a uma base de dados com mais de 10 mil regras tributárias, você evita problemas com o Fisco.

Calcular o imposto da empresa pode se transformar em um verdadeiro obstáculo na vida de um gestor, especialmente quando ele não investe em estratégias eficientes, como a implementação de uma ferramenta de auditoria fiscal. Como visto, a tecnologia reduz erros e evita o retrabalho, trazendo muito mais tranquilidade para o desenvolvimento empresarial.

Deseja conhecer melhor a solução da Neogrid? Entre em contato com nossa equipe e veja como podemos ajudá-lo a superar os desafios da tributação!

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo