giro de mercadoria

Como resolver problemas com giro de mercadoria na sua empresa

Estruturar operações eficientes e competitivas dentro do varejo é um processo desafiador e que requer uma boa visibilidade sobre tudo que acontece dentro do estabelecimento. Gestores e líderes precisam ser extremamente rigorosos em suas decisões, solucionando falhas de forma ágil e pontual. Para isso, diferentes indicadores, métricas e dados devem ser a base para tais decisões. Nesse contexto, um problema comum dentro do varejo se relaciona com o giro de mercadoria. Esse indicador é capaz de dizer muito sobre a performance do varejo, pois está diretamente associado ao seu desempenho de vendas, além de mostrar eventuais falhas na composição do estoque da empresa.

Você tem a opção de ouvir o conteúdo, caso não tenha tempo para ler 🙂

Muitas empresas sofrem para solucionar problemas com giro de mercadoria. Ainda mais pelo fato de não disporem de ferramentas capazes de garantir a visibilidade necessária para acompanhar esse e outros indicadores relacionados.

Diante dessa realidade, preparamos este artigo para tratar melhor sobre o giro de mercadoria no estoque e mostrar como é possível solucionar problemas relacionados a esse ponto. Acompanhe!

O que é o giro de mercadoria?

Antes de qualquer esclarecimento, é essencial entender o conceito de giro de mercadoria. Na prática, esse termo traduz um parâmetro utilizado pelas empresas para verificar o desempenho de vendas de um estoque, tomando como base um determinado período de avaliação.

De forma simplificada, o giro de mercadorias mostra a quantidade de vezes que o estoque foi zerado e reposto em um período, além de mostrar o tempo médio gasto para que esse “giro” aconteça. O indicador de giro de mercadoria, quando empregado de forma individualizada, considerando um ou mais itens específicos do estoque, é capaz de mostrar a qualidade dos produtos armazenados e o volume de vendas.

Os dados de giro de mercadoria têm um grande valor para as operações da indústria e do varejo. Isso porque o indicador serve de norte para entender o nível de demanda sobre um ou mais itens do estoque, ajudando gestores a equilibrarem melhor o seu volume,distribuírem mais eficientemente o estoque e, ainda, a ajustarem o mix de produtos ofertado ao consumidor.

Com base no giro de estoque, é possível entender melhor a dinâmica. A exemplo, pode-se contabilizar o tempo que as mercadorias ficam paradas em depósito e, com isso, ajustar melhor os acordos de fornecimento entre indústria e varejo, priorizando sempre o atendimento preciso às demandas do consumidor final.

Como resolver definitivamente os problemas com giro de mercadoria nas empresas?

Na realidade das empresas, o giro de mercadorias é um dos principais percalços para o alcance de resultados. Esse tipo de problema pode causar efeitos negativos diversos, como o aumento dos custos com manutenção dos estoques, má eficiência das compras, imobilização de capital, além do excesso e falta de mercadorias.

Por essa razão, solucionar definitivamente as falhas no giro das mercadorias é, sem dúvida, um objetivo compartilhado por muitos gestores. Nesse sentido, existem algumas medidas que podem contribuir diretamente. Vejamos!

Conheça e entenda a demanda sobre os produtos

O primeiro passo para compor um giro de estoque eficiente é entender as demandas disparadas pelo consumidor. Ou seja, é preciso ter ciência do quanto cada produto é buscado dentro do varejo. A partir daí, é possível ajustar o seu estoque e o cronograma de reposição a essa realidade.

Em muitos casos, o varejo tende a comprar em quantidade, a pretexto de conseguir preços mais competitivos. Contudo, essa medida não é a mais indicada, visto que a empresa pode acabar adquirindo muito mais itens do que o consumidor final compra, gerando um excesso de estoque e um baixo giro.

O ideal é compor o estoque e o mix de produtos alinhando aos hábitos do consumidor. Essa aderência é o que garante que as mercadorias serão vendidas rapidamente, melhorando a performance financeira da empresa.

Trabalhe com base em dados

Uma realidade comum ao varejo é a necessidade de gerenciar um amplo mix de produtos. Esse é um fato que dificulta bastante o gerenciamento das mercadorias — já que são muitos itens a serem avaliados continuamente. Assim sendo, sem as ferramentas adequadas, identificar a demanda sobre cada item vendido pela empresa é um desafio e tanto. Como reflexo, problemas com o giro de estoque tendem a ocorrer.

Diante disso, não há outro caminho senão trabalhar com base em dados. Ou seja, cada entrada e saída de mercadoria deve ser devidamente registrada. O varejo precisa ter visibilidade sobre a performance dos itens oferecidos aos clientes, de modo que consiga avaliar o seu desempenho em vendas.

Com esse tipo de informação, fica muito mais fácil compreender a dinâmica de compra do consumidor. Assim, o ajuste do mix de produtos, do cronograma de reposição e do nível de estoque ideal para os itens passa a ter como base a demanda disparada pelo destinatário final das entregas da empresa.

Se apoie no uso da tecnologia

Como desdobramento do uso inteligente dos dados, a sua empresa precisa investir em tecnologia, sobretudo aquelas voltadas à gestão do estoque e ao acompanhamento da performance de vendas dos produtos.

Softwares e sistemas são a base para processos gerenciais robustos, ágeis e precisos. Esse tipo de tecnologia garante um aproveitamento muito maior das informações, auxiliando gestores na coleta e interpretação dos dados. E tudo para melhorar a visibilidade sobre as operações e a tomada de decisão.

Por fim, nesse contexto, a Neogrid, referência nacional em soluções voltadas para a gestão automática da cadeia de suprimentos, oferece um suporte elementar para empresas que necessitam ser mais eficientes na gestão do estoque. A partir de soluções inovadoras e estrategicamente desenvolvidas para auxiliar a rotina de gestores e líderes empresariais, a Neogrid agrega mais automatização, mais eficácia às decisões e mais competitividade aos negócios.

Aproveite todo potencial que a tecnologia e os dados têm para otimizar as operações do seu varejo. A Neogrid tem a solução ideal para a sua necessidade.Entre em contato conosco e saiba mais!

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo