Como sincronizar ações de varejo e indústria e evitar faltas e excessos?

Sincronizar ações de varejo e indústria é o futuro do mercado. Mesmo que alguns gestores não percebam isso, não há como ignorar o fato de que estamos passando por uma profunda revolução e de que um novo perfil de consumidor dita as regras do jogo.

A colaboração entre a indústria e os varejistas tem como objetivo aparar as arestas e evitar dois grandes problemas: os excessos e as faltas de mercadorias.

Quando isso é feito de maneira inteligente e estratégica, os prejuízos diminuem, as empresas crescem e o cliente fica satisfeito. Ou seja, todos saem ganhando!

Continue a leitura e aprenda a sincronizar as ações de varejo-indústria com eficiência!

A tecnologia como instrumento de integração entre o varejo e a indústria

Indústria e varejo já não são mais os mesmos. Há tempos que a estratégia de olhar para as reais necessidades do consumidor se tornou uma premissa para o sucesso, deixando cada vez mais de lado a ideia de Henry Ford: “o cliente pode ter o carro da cor que quiser, contanto que seja preto”.

Isso pode ter funcionado, mas hoje é totalmente insustentável. Quem dita as regras do mercado é o cliente e, por isso, todos os envolvidos com a cadeia de suprimentos precisam atuar em conjunto para garantir um bom desempenho.

Se uma montadora produz automóveis azuis enquanto a demanda nas concessionárias é por itens de cor branca, certamente enfrentará problemas e prejuízos, não é mesmo?

Ainda que adote a postura de vender grandes lotes de mercadorias para o varejo, em pouco tempo terá um grande estoque obsoleto. E o varejista? Esse sofrerá com a falta do produto que o cliente deseja e terá que lidar com a redução das vendas.

Assim sendo, é preciso investir em integração entre os dois setores. Como fazer isso? Com o apoio da tecnologia! Na era dos dados, o uso de softwares que sincronizam as informações e permitem uma atuação mais estratégica pode ajudá-lo a superar esse desafio.

Na prática, a indústria e o varejo passam a atuar de forma colaborativa. Com dados de consumo atualizados, é possível produzir a quantidade certa e garantir uma distribuição de estoque equilibrada à demanda.

Em outras palavras, a tecnologia é peça fundamental para que a indústria e o varejo trabalhem juntos. O varejista começa a comprar e vender certo e a manufatura vende de forma adequada: um sistema em que todos ganham.

A importância da sincronização para os resultados da cadeia de suprimentos

De quem é a culpa da ruptura? Ficou demonstrado que o problema é causado pela atuação ineficiente da indústria e do varejo. Aliás, os estudos da Neogrid demonstram que a indústria é responsável por 38% dos problemas e o varejo por 62%.

Sendo assim, não há dúvidas de que a sincronização entre esses dois setores é extremamente benéfica e gera um impacto significativo nas vendas e na rentabilidade de ambos.

Trabalhar de maneira colaborativa, com o compartilhamento de dados e o uso das informações para o planejamento da produção e da reposição dos estoques, é essencial para atender às necessidades do consumidor e vender bem.

As soluções da Neogrid para sincronizar ações de varejo e indústria

Como você viu, a sincronização das ações de indústria-varejo é fundamental para que se corrijam os problemas das faltas e excessos de produtos nas prateleiras.

A Neogrid acredita na efetividade da comunicação entre esses setores e sabe que os desafios só serão superados com um controle rígido dos registros de entrada e saída dos produtos e com o uso de dados sobre o consumo para se identificar necessidades futuras e planejar a produção e a reposição dos estoques.

Pensando nisso, gostaríamos de destacar duas soluções que ajudam a sincronizar os elos da cadeia de suprimentos, permitindo que trabalhem de maneira colaborativa. Confira!

Otimização de estoques

O objetivo dessa solução é aumentar o giro e reduzir os pontos de rupturas por meio da análise de informações sobre o consumo real dos produtos — o que permite um nível de estoque mais balanceado. Para garantir esse resultado, o sistema age em três vertentes:

  • a previsão estatística, que analisa o histórico de vendas dos produtos em cada loja;
  • a gestão de eventos, que lida com problemas de abastecimento e com a organização de promoções e campanhas, por exemplo;
  • a operação, que auxilia na gestão do estoque, sugerindo a compra e a reposição de produtos.

Visor Direto

O VD é uma ferramenta que identifica pontos de melhorias por meio de relatórios com informações de grandes varejistas — atualmente, a Neogrid tem dados de mais de 70% dos principais varejistas do país.

Com esses insights, a indústria pode agir de maneira efetiva visando aumentar a disponibilidade dos produtos e evitar os prejuízos causados pelas faltas e excessos no estoque. A solução trabalha em três pontos:

OSA

Acompanhe as perdas de vendas por indisponibilidade em loja, com indicadores de ruptura, estoque negativo e item sem venda. Com esses dados, a indústria pode tirar insights e agir rapidamente para melhorar a disponibilidade, inclusive na execução em loja.

Panorama de venda

Com números de vendas perdidas, acompanhamento dos índices de sell-out e histórico de movimentação, é possível ter a visibilidade detalhada da performance dos produtos nos varejos. Com base nisso, a empresa sabe onde precisa agir para alavancar os resultados.

Sortimento

A ferramenta ainda entrega dados por categoria, com detalhes por região, loja e produto, permitindo que a indústria monte um sortimento adequado, que atenda a um perfil de consumidor cada vez mais exigente.

Ao longo deste post, você viu que sincronizar ações de varejo-indústria é uma decisão capaz de trazer muitos benefícios ao seu negócio. É claro que as faltas e excessos de produtos são problemas com múltiplas causas, porém a comunicação efetiva entre os elos da cadeia é o primeiro passo para uma atuação mais eficiente e coerente à real demanda do mercado.

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo