Controlar excessos e faltas de estoque no varejo? Sim, é possível!

Cobertura, ruptura e giro de estoque. TVD e IVD. Que tal somar a esses dados a necessidade do controle preciso de centenas de lojas com milhares de produtos em seus estoques, que vivem sempre uma relação crítica entre excesso e falta de itens? Parece impossível acompanhar tudo isso, mas a tecnologia mostra que não. A solução especializada em cadeia de suprimentos (supply chain) permite que todos os elos (varejo, distribuidor e indústria) visualizem esses dados consolidados, de maneira ágil e simplificada. Tem dúvidas sobre isso? Este post ajudará a esclarecê-las!

Você já deve ter lido aqui no blog o quanto a cadeia de suprimentos tem sido beneficiada ao ter como aliados os indicadores IVD (Inventory Value Day — valor do estoque por dia) e TVD (Throughput Value Day — valor de vendas por dia). O diferencial de uma ferramenta especializada que entrega esses dados está justamente em gerenciar a escolha de produtos que geram o excesso de estoque e de outros cuja ausência na gôndola impacta ainda mais na rentabilidade das operações. Na prática, seria dessa forma:

  • A ferramenta especializada conta com mecanismos especiais para cruzar informações estratégicas, abastecidas em todos os níveis (gerencial, tático e operacional). A partir daí, ela facilita o acesso a relatórios que sinalizam que tipo de produto está demorando para escoar no seu estoque e reduzindo a capacidade do seu fluxo de caixa. Aponta também quais são os itens indispensáveis, aqueles cuja ruptura tem maior impacto sobre a rentabilidade. Com essa informação, é possível estabelecer ações proativas, diminuindo as chances de perdas para todos os elos da cadeia.

Para isso ser possível, é necessário que a solução tecnológica:

  • Possua mecanismos de inteligência para cruzar informações estratégicas;
  • Entregue relatórios simplificados e focados para cada nível gerencial;
  • Possibilite acesso facilitado à solução a partir de sistema Web;
  • Facilite a inclusão de informações na ferramenta;
  • Possua sistema robusto e seguro com privacidade de dados.

Uma vantagem ao varejo é que ele pode passar a orientar o processo de sincronia de toda a cadeia a partir do comportamento do consumidor. Por exemplo: para um fabricante de TVs LED, a informação de IVD e TVD de cada modelo pode orientar a linha de produção, evitando o inchaço de itens nos centros de distribuição. Em muitas oportunidades vemos restrições onde nem todos os produtos podem ser abastecidos. A pergunta que vem é, quais produtos devo enviar? A resposta é simples, os indicadores de excesso e falta darão a direção. Ao analisar esses dados com precisão, o varejo pode reduzir o dinheiro parado em níveis de estoque muito altos. Como contrapartida, pode, por exemplo, investir na abertura de uma nova loja.

Como menciona Camilo Manfredi, diretor de operações Planning & Replenishment da NeoGrid, “ao longo da cadeia existe excesso e existe falta de estoque. O objetivo é reduzir isso, desde a produção até o consumidor final”. Por isso, fique de olho em outras informações essenciais que os indicadores de supply chain podem trazer ao seu negócio para balancear e equalizar o estoque.

Para conhecer as soluções de planejamento e reposição da NeoGrid, preencha seus dados!

Autor

Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).

Compartilhar

Comente este artigo