Entenda o que é e como funciona a logística sustentável

Eficiente e ecológica, a logística sustentável é uma tendência que só cresce. Com o objetivo de reduzir desperdícios, otimizar recursos e preservar o meio ambiente, esse modelo já é adotado por muitas organizações ao redor do mundo.

Aderir às práticas sustentáveis é fundamental para concorrer por um público cada vez mais atento às questões ambientais e ao dever social das empresas. Além de ser importante para a natureza e para as futuras gerações, a logística sustentável também preserva a própria existência dos negócios e o bom relacionamento com os seus clientes.

Neste artigo, vamos explicar o que é a logística sustentável e por que e tão importante implementá-la na empresa. Confira!

O que é a logística sustentável?

Para entender melhor o que é logística sustentável, vale a pena antes alinhar como a logística em si deve ser compreendida. Mais do que o conjunto de responsabilidades que envolve o transporte, estoque e gerenciamento de mercadorias, a logística pode ser definida como a área de gestão responsável por prover recursos para a execução das atividades de uma empresa no local certo e no momento adequado

Ainda que muitas organizações ainda enxerguem a logística como um setor suplementar e totalmente desanexado do restante da operação, hoje, a área já é compreendida como peça fundamental da estratégia de negócios de qualquer empresa.

A sustentabilidade, por outro lado, é um conceito mais amplo, que descreve processos e atividades que atendam as demandas das gerações atuais sem comprometer a disponibilidade de recursos das gerações futuras. Ou seja, um processo sustentável é aquele que causa o mínimo de impacto ambiental e social em sua execução e que considera que esse dano, por menor que seja, será reparado.

Portanto, a logística sustentável pode ser definida como um modelo que favorece o equilíbrio ecológico, tanto em relação à execução das atividades da própria logística como também de toda a operação de uma empresa.

Além da própria demanda dos consumidores e da pressão de órgãos públicos e entidades de defesa do meio ambiente, a logística sustentável surgiu como uma forma de otimizar o uso de recursos necessários para a realização dos processos logísticos de uma empresa, respeitando o meio ambiente e a comunidade em que a organização está inserida.

Adotar uma logística sustentável vai além de uma mera demonstração de filantropia da empresa: é uma estratégia de crescimento e otimização de recursos que está diretamente ligada aos resultados do negócio.

Como a logística pode ser sustentável?

Existem diversas oportunidades de evolução sustentável para as atividades de logística de uma empresa, desde a logística reversa até a redução da emissão de CO₂ no transporte de cargas. Vale a pena conhecer algumas das boas práticas que fazem parte desse modelo.

Logística reversa

As obrigações de uma empresa por seus produtos não terminam quando eles chegam nas mãos do cliente final. Além da garantia, do suporte técnico e do atendimento pós-vendas, a organização também é responsável pelos resíduos gerados após o fim do ciclo de vida dos seus produtos. Ou seja, todo material descartado pelo cliente final também é um compromisso do seu fornecedor.

A logística reversa é um instrumento que permite a aplicação dessa responsabilidade: além de entregar os produtos aos clientes, a empresa precisa de uma logística capaz de recuperá-los após o fim do seu ciclo de vida.

Otimização de rotas e cargas

Para minimizar o desperdício de recursos e o impacto ambiental gerado pela atividade de transporte, o setor de logística pode contar com um planejamento mais eficaz de rotas e cargas, com uma ocupação mais inteligente dos veículos e a minimização do consumo de combustíveis.

Otimizar as rotas e cargas não só é importante para a sustentabilidade do ponto de vista ambiental, como também enxuga despesas e deixa a operação do negócio mais eficiente.

Manutenção preventiva de veículos

A manutenção preventiva e preditiva de veículos e demais equipamentos utilizados na logística é de suma importância para os seus resultados. Além de reduzir as quebras e maximizar o tempo de operação desses recursos, uma boa manutenção também garante que as emissões de gases serão menores e o funcionamento do maquinário, menos agressivo ao meio ambiente.

Gerenciamento inteligente de estoques

O espaço e o capital empregado em estoques muitas vezes representa um alto custo para os negócios e um impacto ambiental significativo. Uma gestão ineficaz nessa área também pode resultar em perda de mercadorias, seja pelo prazo de validade ou pelo armazenamento incorreto.

Com sistemas inteligentes e técnicas de gestão de estoque melhores, é possível evitar danos ao ecossistema e, ao mesmo tempo, garantir a eficiência operacional do negócio.

Utilização de fontes de energia renováveis

Seja na propulsão de veículos ou no próprio fornecimento de eletricidade para a empresa, as fontes de energia renováveis são muito importantes para uma logística verdadeiramente sustentável.

Veículos elétricos abastecidos por painéis fotovoltaicos, por exemplo, reduzem as emissões de gases prejudiciais ao meio ambiente e garantem mais independência energética para as atividades de transporte de uma organização.

Como implementar a logística sustentável na empresa?

O primeiro passo para implementação da logística sustentável em uma empresa é a elaboração de um plano de logística sustentável alinhado aos objetivos estratégicos da gestão.

Além de seguir diretrizes que vão minimizar os impactos socioambientais das atividades de logística da empresa, é importante que esse planejamento também garanta a sustentabilidade financeira da operação, respeitando o caixa disponível e racionalizando o uso dos seus recursos.

Para elaborar o plano de logística sustentável do negócio, é necessário conhecer todos os processos logísticos de responsabilidade da empresa e descrever como são feitos no momento atual. A partir desse ponto, é possível entender como eles podem ser modernizados e adaptados para atender a demandas como: redução do gasto energético, otimização do uso da água, minimização da geração de resíduos, entre outros.

Uma vez que o plano de logística sustentável é definido, a gestão deve estabelecer um cronograma de como e quando as mudanças serão implementadas, assim como mecanismos para mensurar os resultados efetivos dessas alterações.

É importante entender que, além de boas práticas e técnicas inovadoras, a tecnologia é fundamental para dar suporte a uma logística sustentável, seja com equipamentos modernos mais eficientes como também com sistemas informatizados que organizam a informação de forma otimizada.Agora que você já sabe o que é a logística sustentável, que tal aproveitar para entender melhor como é possível manter uma cadeia de suprimentos sustentável? Acesse mais esse texto!

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo