Glossário

Tire suas dúvidas e aprenda o significado dos termos presentes no nosso espaço. Caso tenha dúvida sobre algum termo que não esteja explicado aqui, mande um e-mail para a gente.

Allowance (Abatimento): Dedução de peso ou do valor de produtos.

Cálculos Estatísticos do Estoque Segurança (Statistical Safety Stock Calculations): Quantidades de estoque de segurança que considera previsão de falhas, tamanho de lote, níveis desejados de atendimento ao cliente e o índice de lead time frente ao período de previsão.

Direct Supply (Abastecimento Direto): Canal de distribuição sem intermediários entre produtor e consumidor. No Direct Supply o produtor assume atribuições que costumam ser funções de um intemediário.

Electronic Data Interchange (EDI): É a sigla de Electronic Data Interchange ou, em português, Troca Eletrônica de Dados. É o processo de troca de documentos por meio de sistemas de informação entre duas ou mais organizações, seguindo um padrão. O principal objetivo é substituir o fluxo de papéis, acelerar, agilizar e reduzir os custos dos processos mercantis.

Integrated Supply (Abastecimento integrado): Pacto comercial em que duas ou mais empresas almejam certos objetivos por meio dos melhores recursos de cada participante. Esse compromisso tem como base confiança, foco em resultados comuns e complementares, além do entendimento das expectativas de cada organização.

(node): Ponto fixo no sistema logístico de uma empresa em que os produtos ficam em espera; inclui fábricas, armazéns, fontes de abastecimento, e outros.

Nota Fiscal Eletrônica (NF-e): Documento digital que é emitido e armazenado eletronicamente, para registrar operações de circulação de mercadorias ou prestações de serviços. Entrou em vigor no dia 15 de setembro de 2006.

Participação dos Ganhos (Gain Sharing): Método de incentivos no qual os funcionários compartilham os ganhos gerados por melhorias de produtividade.

Sales and Operations Planning (S&OP): Processo de gerenciamento integrado para corrigir continuamente o foco de todas as partes da organização.

Separação Negativa (Negative Picking): Dispositivo que permite puxar o paleta todo e devolver um pequeno numero de itens ao local de origem caso ocorra excesso de quantidade em relação a um certo dado limiar.

Supply Chain Management: É a gestão da cadeia de fornecimento, ou seja, a administração de logística e do fluxo de informações em todo processo. Por meio do Supply Chain Management executivos conseguem avaliar os pontos mais positivos e negativos na sua cadeia de fornecimento, aumentando a competitividade do produto.

Tempo de Fila (Queue Time): Período de tempo entre a chegada do material em uma estação de trabalho e inicio de processamento do mesmo.

Value Added Network (VAN): Empresa responsável pela intermediação na comunicação de dados entre empresas. A tradução em português é rede de valor agregado.

Vendor Managed Inventory (VMI): Pode ser traduzido como Inventário Gerenciado pelo Fornecedor. Processo em que o fornecedor passa a monitorar e ser o responsável pelos níveis de inventário do cliente.

Zona de Atividades Logísticas – ZAL (Logistic Activies Centres – LAC): Pontos de ligação de redes dos meios de transporte e de convergência de serviços logísticos como: gestão da informação, armazenamento, preparação de pedidos, agrupamento, etiquetagem, entre outros. Operações comerciais, não físicas, de gestão e organização do transporte ocorrem nestas zonas.

Zona de Livre Comércio (Free Trade Zone): Área onde qualquer produto é isento de taxas e tarifas de importação.