NFS-e: com a tecnologia certa, você fica em dia com o FISCO

A NFS-e (Nota Fiscal Eletrônica de Serviço) é uma realidade desde 2010, mas muitas empresas prestadoras de serviço e seus profissionais ainda lutam com as dificuldades de adaptações e integrações. Diferentemente da NF-e (para compra e venda de produtos), que é única em todo o país, a emissão da NFS-e muda de município para município, como descrito em mais detalhes no post “Quais as diferenças entre NF-e e NFS-e?”. Então, como atender as necessidades de agilidade e segurança e estar em dia com as atualizações da legislação exigidas pelo FISCO?

A resposta é contar com uma solução fiscal de tecnologia especializada, seguindo alguns passos importantes que você pode conferir no post “Tudo o que sua empresa precisa saber para emitir a NFS-e”. A tecnologia permitiu o avanço das atividades arrecadatórias e do seu controle por meio da NFS-e. É um modelo sem volta e veio para agilizar também os processos das empresas. Pense no tempo e no dinheiro gastos com as refações, erros de digitação na emissão das Notas Fiscais e a dificuldade de armazenar estes documentos e consultá-los posteriormente? E o esforço de entender as mudanças na legislação de cada município e os diferentes layouts, sem estar integrados ao seu sistema de gestão? Um completo caos.

Se você vive estes problemas nas suas rotinas com sistemas caseiros, desconectados ou não-especialistas já sabe o que é “comprar gato por lebre”. E se está iniciando o processo de implantação da NFS-e, garanta que o seu investimento trará os resultados esperados.

Com uma integradora com um software especializado, todo esse processo será mais fácil. Você atende à legislação vigente, agiliza e diminui custos de implementação, facilita a integração com o seu ERP e, de acordo com as necessidades, contrata e tem a liberação rápida de outros módulos fiscais, pois estão integrados em um mesmo sistema. Resumindo, com a tecnologia adequada você garante:

  • Atendimento à legislação de emissão e recebimento.
  • Agilidade e baixos custos de implementação.
  • Facilidade na integração de diferentes ERPs.
  • Redução do tempo gasto com tarefas puramente operacionais.
  • Escalabilidade para atender diferentes processos de negócios.
  • Redução de custo.

Há ganhos para ambos os lados. Quem envia tem a adequação ao projeto com mínimo impacto no ERP e nos processos de faturamento, redução dos custos com papel e de armazenamento de documentos físicos. E quem recebe elimina a digitação de notas fiscais no recebimento de mercadorias, melhora o planejamento de logística pelo recebimento antecipado das informações e reduz os erros de escrituração por falhas de digitação.

É hora de buscar um parceiro de integração com comprovada eficácia no mercado.

Conheça a solução NeoGrid NFS-e. Solicite já uma apresentação acessando aqui.

Autor

Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).

Compartilhar

Comente este artigo