Por que sua empresa precisa investir em Trade Marketing Digital

Para a indústria, é quase inimaginável não manter, por menor que seja, uma estratégia de gestão de seus produtos nas gôndolas dos varejos. Diante da concorrência, é nesse espaço que ocorre a disputa entre as marcas. Mas faz um tempo que ele não é mais o único. O e-commerce, com sua dinâmica mais acelerada, é um ponto de vendas e de fonte de informação. Então, já passou da hora de também ser inimaginável a manufatura não ter uma estratégia de trade marketing digitall, ou seja, que organize e monitore sua presença no comércio on-line.

Não estamos exagerando quando usamos a palavra inimaginável para o cuidado com o conteúdo digital. Bom, você já deve ter uma noção do tamanho do mercado do e-commerce, mas não custa lembrar. No mundo, de acordo com dados da empresa de pesquisa eMarketer, ele é de US$ de 2,8 trilhões, com crescimento de 20% ao ano, contra 1% varejo físico. No Brasil, foi de R$ 53 bilhões em 2018, com crescimento médio de 12%. Estamos falando de uma realidade, não mais de tendência.

E como dissemos anteriormente, o e-commerce também é uma fonte de consulta. Segundo dados do Google, 96% dos consumidores pesquisam on-line antes de decidir em qual loja física comprar e 95% buscam na internet o produto antes de comprar no varejo tradicional. Outro dado, dessa vez da Deloitte, aponta que 56% de todas as vendas do varejo já são influenciadas por algum canal digital. Portanto, não cuidar com a forma com a qual sua empresa aparece na internet é um grande erro.

A importância da informação correta

Seja para vender no varejo físico, seja para o e-commerce, ter informação de qualidade é essencial. No cadastro dos produtos, a otimização do conteúdo digital aumenta a taxa de conversão em até 30%.

A forma como o produto está descrito on-line é o segundo maior influenciador na decisão de compra do consumidor que busca o e-commerce. Portanto, ter informações incorretas ou incompletas faz a empresa perder receita e gera custos desnecessários de pós-venda e devolução de produtos, por exemplo.

Diante desse cenário, algumas empresas já perceberam a importância de otimizar sua presença digital. Uma pesquisa realizada pela DoubleClick (Google) entrevistou 9 grandes marcas e mostrou que quatro delas disseram que já investem mais de 10% do budget de trade marketing em canais digitais. Ou seja, começaram a fazer trade marketing digital.

A necessidade de ter dados

A internet é um universo gigantesco e acelerado. Tudo acontece muito rápido. Por isso, a indústria precisa estar sempre de olho no que acontece com seus produtos nas páginas dos e-commerces, tanto do ponto de vista da performance quanto da interação com o público-alvo e a posição no mercado.

As reações acontecem quase que instantaneamente e as movimentações de vendas são muito mais rápidas. Então, os dados precisam estar sempre atualizados e precisos.

Mas, afinal, o que faz o trade marketing digital?

Se para gerir as gôndolas, as empresas colocam profissionais dedicados, por que não investir em algo que faça o mesmo no e-commerce? A indústria precisa estar sempre de olho no comércio digital e direcionar ações para que seus produtos sejam encontrados de maneira otimizada pelos consumidores.

O trade marketing digital faz uma espécie de monitoramento nos sites de e-commerce para coletar dados de performance, verificar a qualidade dos conteúdos e oferecer soluções para melhorá-los e deixa-los mais claros e corretos.

A Neogrid tem a solução que sua empresa precisa

Está claro que a indústria não pode deixar de fazer esse trabalho de trade marketing digital, não é mesmo? A Neogrid tem a solução que sua empresa precisa para otimizar a presença da sua marca nas páginas de comércio virtual. Estamos falando do e-commerce insights.

Nós atuamos para entregar informação estratégica e otimizar a apresentação dos produtos. Para isso, umas das funcionalidades da solução é o analytics, que captura uma série de dados nas lojas, como sortimento, preço, avaliações dos consumidores, estoque e posicionamento nas páginas dos mecanismos de busca.

Assim, a indústria pode, por exemplo, tomar ações sobre estoque, ver se os preços praticados estão muito distorcidos, analisar como os consumidores estão reagindo ao produto e saber em qual posição a marca está aparecendo nas pesquisas, o que é essencial no mundo digital. Afinal, não estar entre os dez primeiros colocados na busca é um problema.

Junto a isso, ainda há o sell-out, ou seja, as vendas de cada e-commerce, com dados de receita por site, categoria, marca e SKU em cada período desejado. É possível exportar de relatórios com toda a base de dados.

Essas informações dão para a indústria uma dimensão importante da performance de seus produtos. Dessa forma, a empresa pode verificar sites em que as vendas estão baixas, identificando os motivos e tomando ações para melhorar o desempenho. O mesmo vale para lojas em que há potencial e que é possível aumentar a atenção.

Para tornar seu produto mais atrativo no comércio virtual, o E-commerce Insights trabalha de duas formas. Na primeira, auditamos os sites de maneira automatizada, analisando imagens, títulos, descrição e especificação técnicas dos produtos. Realizamos um diagnóstico da qualidade dos itens em cada varejo.

Conseguimos mostrar, assim, além da visibilidade do e-commerce, as lojas com maiores taxas de problemas cadastrais (imagens desatualizadas, título incorreto e sem descrição).

Aliada à auditoria do conteúdo nos sites, temos uma função em que a indústria pode disponibilizar os conteúdos de seus produtos para as lojas virtuais, criando um catálogo digital, de onde o varejo pode acessar esses dados. Mas também há a opção de fazer a distribuição automática. Assim que sua empresa muda alguma informação, ela é atualizada no site do varejo.

O objetivo é garantir pontos digitais de vendas perfeitos para sua marca, com inteligência de conteúdo e exposição otimizada de suas vantagens competitivas.

Quer conhecer melhor essa solução? Entre em contato com a gente. Estamos à disposição para tirar todas as suas dúvidas.

Autor
Somos especialistas em sincronizar sua empresa à demanda. Em manter seu produto sempre disponível para o consumidor, na quantidade adequada e na hora certa. Nós somos a Neogrid. Uma empresa de soluções para a gestão automática da cadeia de suprimentos (Supply Chain Management).
Comente este artigo