S&OP: Você vai querer saber mais sobre isto

O Planejamento de Vendas e Operações (Sales and Operations Planning) é, sobretudo, um processo estruturado, em forma de reuniões mensais, onde as informações coletadas pelos diferentes departamentos (finanças, vendas, produção e suprimentos), são discutidas, analisadas, e ao final, com o compromisso de todos os representantes destas áreas, os planos funcionais de cada departamento são aprovados.

A correta definição dos recursos e dos processos, passando pela capacidade, está diretamente relacionada com as decisões estratégicas da empresa. O Planejamento de Vendas e Operações, então, é um instrumento para a implantação e o desdobramento do planejamento estratégico, agregando valor ao negocio ao promover o debate, antecipando as necessidades e restrições da empresa, criando a partir daí soluções sincronizadas com os requisitos da demanda e da oferta.

Através de práticas bem simples, o S&OP busca atingir simultaneamente melhorias em termos de custo (níveis de estoque e custo de produção) e de serviço (disponibilidade de produto). O processo de S&OP tem alguns objetivos específicos que podem servir para caracterizá-lo. São eles:

1. Apoiar o planejamento estratégico do negócio através de análises e revisões periódicas, garantindo sua viabilidade e efetividade;

2. Garantir que os planos operacionais sejam realistas, considerando as inter-relações existentes entre as diversas áreas da empresa;

3. Gerenciar os estoques de produtos finais e/ou carteira de pedidos de forma a garantir bom desempenho de entrega (disponibilidade de produto);

4. Avaliar o desempenho do processo de planejamento de vendas e estoque, identificando e segregando as atividades que estão fora de controle daquelas que se encontram sob controle;

5. Desenvolver o trabalho em equipe através da criação de condições para que cada departamento participe do planejamento global da empresa.

O estado da arte em solução de Planejamento está fundamentada em 3 principais componentes que se inter-relacionam: Previsão Estatística, Gestão de Eventos e Colaboração.

A Previsão Estatística é utilizada como entrada no processo S&OP, em posse dos históricos de vendas ela identifica outliers, tendências, sazonalidades e através de modelos matemáticos projeta um cenário futuro de demanda. Em seguida, a Gestão de Eventos possibilita ao planejamento a adição do que chamamos de “inteligência de mercado”, ou seja, todo o evento que pode impactar na demanda, ou teve impacto na demanda como, por exemplo: promoções, ações de preço, lançamento de produtos, ações da concorrência e etc.

Por fim, a Colaboração é o fator chave para melhorar o plano de demanda e o processo de planejamento da empresa, portanto é essencial buscar uma solução que viabilize esta colaboração por meio de workflows de forma a facilitar e acompanhar a participação de todos os envolvidos no processo de S&OP.

Quando sua empresa decidir implantar uma solução de S&OP, alguns outros valores precisam ser observados:

  1. Trabalhar com diversas dimensões de planejamento, possibilitando que cada usuário tenha visões customizadas as suas necessidades.
  2. Calcular atributos dos produtos como a curva ABC e fase de vida permitindo ao usuário direcionar seus esforços àquilo que tiver maior relevância.
  3. Disponibilizar diversos indicadores para o processo de planejamento, através de uma interface muito amigável e flexível, possuindo fluxos “drill down” e telas que permitem o planejamento em diversos níveis.

Algumas das maiores empresas do mundo já se beneficiaram enormemente de uma solução desta natureza a exemplo da PEPSICO que reduziu o MAPE pela metade, saindo de 58% para 29%, aumentando o seu nível de serviço em 66% e reduzindo os dias de inventário em 25%.

Por Fabricio Moro, Consultor Líder SCS Planning e Replenishment

Compartilhar

Comente este artigo